‘Round 6’ joga luz sobre desigualdade e falta de esperança na Coreia do Sul