Possível mudança nos EUA em relação ao aborto contrasta com onda latina