Ministro admite piora da crise de energia e pede para evitar até ferro de passar