Gastar menos em 2022 é desejo de dois em cada cinco consumidores