Francisco reconhece milagre, e papa João Paulo I será beatificado