Com falta de mão de obra, Europa busca estrangeiros; brasileiros são bem-vindos