Casarões destruídos em Ouro Preto: ‘uma perda para a humanidade’, diz Unesco