Após elogiar general da ditadura, Bolsonaro prega respeito aos Poderes